louvre

Todos sabemos que o Louvre é imenso e muitos viajantes têm roteiros apertados, não podendo dedicar mais que uma manhã, tarde ou noite pra conhecer esse que é o museu mais famoso do mundo. Ah, e sim: o Louvre abre também no período noturno, nas quartas e sextas-feiras.

Então como o tempo é sempre precioso, vamos dar uma força e te mostrar um roteiro bem bacana, pra que você consiga aproveitar ao máximo esse perído de visita.

louvre

DICA DO ROTEIROS

Quem passa em frente ao Louvre, quase sempre se depara com uma enorme fila em frente à pirâmide principal, mas essa dica de “fura fila” vei te ajudar a entrar bem mais rápido e claro, não tem nada de trapaça ou ilegalidade indo pelo caminho que vamos ensinar. Então vamos lá!

Pra escapar da muvuca a gente aconselha que a entrada pra bilheteria seja feita pela rue de Rivoli nº99, que é a entrada Caroussel du Louvre. Lá o tempo gasto com fila sempre é bem menor!

OS ANDARES E AS ALAS DO LOUVRE

Com 2 subsolos, térreo, 1º e 2º andares, ele é dividido em 3 grandes alas:

  • Denon,
  • Sully  e
  • Richelieu

No site do Louvre  eles oferecem um download EM PORTUGUÊS do mapa do museu, e também muita informação sobre a visitação. Pra quem quiser baixá-lo e dar uma olhadinha e já ir se familiarizando clique aqui.

SUBSOLO -2

É aqui que fica a bilheteria, balcão de informações (onde você pode pegar seu mapa do Louvre), exposições temporárias, lojas e livraria.

SUBSOLO -1

Na ala Sully, podemos ver as fundações do que foi o início da construção do museu. O edifício erguido na época do reinado de Filipe II, em 1190, foi construído com o propósito de ser uma fortaleza de defesa contra os repetidos ataques, principalmente dos povos Vikings.

Só muito tempo depois é que a fortaleza foi transformada em Castelo. Suas fundações a gente pode ver logo abaixo da Salle des Cariatides, onde também tem uma maquete do antigo Castelo.

fundacao

E também é no subsolo que podemos ver A GRANDE ESFINGE, que é uma das maiores esfinges fora do Egito.

esfinge

LOUVRE POR ALAS

ALA DENON

É na Denon que está ela, a obra mais procurada de todo Louvre: La Gioconda (italiano), La Jaconda (francês) ou pra nós:

A MONALISA

Monalisa
Preparem-se pra enfrentar um batalhão de pessoas, mãos e câmeras procurando o melhor ângulo pra aquela fotinho clichê mas, claro, que todo mundo quer fazer! Infelizmente o grosso vidro que protege a famosa obra de Michelangelo impede que as fotos fiquem perfeitinhas…

É na mesma sala da “Mona” que fica outra obra bastante procurada:

As Bodas de Caná, de Veronèse

 (A noite que Jesus transformou água em vinho).

bodas de canaa

E nas escadarias estará ela:

VICTÓRIA DE SAMOTRÁCIA

samotracia

A Vitória de Samotrácia também conhecida como Nice de Samotrácia, é uma escultura que representa a deusa grega Nice (em prego Νίκη, Níkē ou Niké – “Vitória”), cujos pedaços foram descobertos em 1863 nas ruínasdo Santuário dos grandes deuses de Samotrácia. Em grego, o seu nome é Níkē tes Samothrakes (Νίκη της Σαμοθράκης). Fazia parte de uma fonte, com a forma de proa de embarcação, em pedra calcária, doada ao santuário provavelmente pela cidade de Rodes Ocupa lugar de destaque numa escadaria do Museu do Louvre, em Paris. (Wikipédia)

Ainda na ALA DENON, vamos ver:

 

A Madona das Rochas, de Leonardo da Vinci.

madona

A  Balsa da Medusa, de Théodore Géricault

liberdade

 A Coroação de Napoleão, (Le Sacre de Napoléon), de Jacques Louis David

coroação

Édipo e a Esfinge, de Jean-Auguste-Dominique Ingres

edipo

E no térreo (rez-de-chaussée)  da Denon, encontramos a fantástica escultura

Psiqué Reanimada pelo Beijo de Eros, de Canova 

psiquê

ALA SULLY

Já na Sully, também no térreo, ficam mais esculturas: gregas, etruscas e romanas e é lá que a gente encontra a

Vênus de Milo

venus

Palas Athena

athena

A coleção de esculturas é enorme e é difícil não se apaixonar por várias delas!

Mais exemplos do que ver:

  • A Diana de Versalhes (a versão original da estátua, pois a cópia está na Galeria dos Espelhos, no Palácio de Versalhes).
  • Hermes Atando as Sandálias
  • O Caminho das Esfinges
  • Os Tesouros de Tutankamon
  • O Caminho das Esfinges
  • A  Estátua de Ramsés II

ALA RICHELIEU

No térreo  do Richelieu fica o Código de Hamurabi, que é um monolito de pedra, esculpido com a legislação da época: aquela época onde valia o “olho por olho, dente por dente”.

É muito conhecido principalmente por quem fez faculdade de Direito (que é a minha formação acadêmica), numa matéria chamada IED – Introdução ao Estudo do Direito, e segundo uma explicação resumida (Wikipédia)…

É um dos mais antigos conjuntos de leis escritas já encontrados, e um dos exemplos mais bem preservados deste tipo de documento da antiga Mesopotâmia. Segundo os cálculos, estima-se que tenha sido elaborado pelo rei Hamurabi por volta de 1700 a.C.. Foi encontrado por uma expedição francesa em 1901 na região da antiga Mesopotâmia correspondente a cidade de Susa, atual Irã.

Já no 1º andar ficam os aposentos de Napoleão e no 2º fica uma das famosas obra de J. Vermeer

A Rendeira

rendeira

Pronto!

Meio período bem aproveitado, conhecendo as principais obras de artes e esculturas, nesse museu que é o sonho de qualquer viajante!

HORÁRIO DE ATENDIMENTO E BILHETES

O Louvre abre todos os dias, EXCETO ÀS TERCAS-FEIRAS, das 9h00 às 18h00 e as visitas noturnas acontecem nas quartas e sextas-feiras das 9h00 às 21h45, lembrando que a entrada no museu só pode ser feita até 30 minutos antes do horário de fechamento. Os ingressos podem ser comprados on-line, clicando aqui (em inglês)

Fechado nos dias 1º de maio e 25 de dezembro

 

*Créditos fotográficos

 

Planejar é viajar!
Roteiros & Dicas – Informações e ideias de roteiros, com dicas de viagem para os melhores destinos.

2 Comentários

O que achou?