Na nossa primeira trip pra América do Sul,  o escolhido da vez foi o Chile e o nosso primeiro passeio só poderia ser pra esses lugares, que são sem dúvida, os queridinhos dos brasileiros e claro,  que sempre fazem muito sucesso no inverno: Valle Nevado e Farellones!

 

NOSSO PASSEIO

Escolhemos a dobradinha Valle Nevado/Farellones pois como já havíamos pesquisado, passar o dia todo no Valle Nevado pode ser cansativo pra quem não está acostumado com esportes de neve. Os iniciantes no esqui terão dificuldades por lá, isso porque as pistas são mais indicadas pra quem já sabe o que faz…. o que não era o nosso caso!

Quem nos levou nesse super passeio foi o nosso parceiro Destino Chile, que é uma empresa de brasileiros, especializada nos melhores e mais procurados passeios no Chile. Depois de conversarmos e explicarmos qual o tipo de passeio que estávamos imaginando, o pessoal do Destino Chile nos indicou esse que fizemos, e que se chama Valle Nevado e Farellones – PANORÂMICO.

E não é que eles acertaram direitinho! Foi maravilhoso conhecer as duas estações de esqui mais famosas do Chile num único dia, e tudo começou assim:

Ficou marcado pra que, às 6h50 da manhã, o guia Rodrigo Peña passasse aqui no nosso apartamento pra nos levar, junto com os outros turistas. Aí é que vem o mico!

O MICO DO HORÁRIO BRASILEIRO

Como tínhamos acabado de chegar do Brasil na noite anterior, fizemos uma confusão enorme com relação aos horários e, como já podem imaginar, não fizemos nada certo. Ainda estávamos na cama quando o interfone tocou e o desespero foi TOTAL!

Ainda bem que como está muito frio, a gente costuma dormir com a segunda pele já embaixo do pijama, então foi o tempo de pular da cama, descer de pijama mesmo e implorar aqueles famosos 5 minutinhos pro Rodrigo, subir, escovar os dentes, colocar a outra roupa por cima, pegar a mochila e rua!

A parte boa é que nem sentimos o frio que estava do lado de fora, pois a gente estava tão apavorada e correndo, que deu até calor… numa manhã gelada de 6º!

PRIMEIRA DICA

Sempre atualizem seus relógios, celulares e afins, como horário da onde você estiver viajando! Parece uma dica óbvia, mas mesmo nós que estamos acostumadas a viajar, dessa vez pisamos na bola…

NÓS, OS TURISTAS BRASILEIROS

Depois do susto e já dentro da van, claro que fomos fazendo amizade com os brasileiros que chegavam e podemos afirmar: é muito brasileiro por aqui. Em todo lugar se escuta português: ruas, mercados, shoppings, cerros…. na neve! Não sei não se o português já não é como um segundo idioma por aqui, porque é muito brasileiro em Santiago!

Assim que todos já estavam na van, paramos pra alugarmos as roupas de neve e sério: realmente É PRECISO!

Bota, calça, luva e jaqueta são imprescindíveis! Leve o seu gorro e seu cachecol também porque o frio é frio mesmo!

Nesse passeio pra Valle Nevado/Farellones – Panorâmico, existe a possibilidade de já deixar incluído no valor do pacote, o aluguel das roupas, o que já fica bem mais prático!

SEGUNDA DICA

Depois de todos devidamente vestidos, começou o caminho que nos levaria em primeiro lugar pro Valle Nevado e aqui é fundamental que você escolha bem a sua agência de passeios, pois o caminho é cheio de curvas e deve-se ter o máximo de cuidado possível.

No nosso caso o Rodrigo Peña foi tanto o nosso piloto, quanto nosso guia: um chileno que conhece a região de olhos fechados, com um currículo invejável de passeios pelas estradas de lá!

Ao todo são 60 curvas…

Curvas, curvas!

Nunca tinha ouvido a expressão “curva em cotovelo” mas é assim mesmo que se parecem, pois eles são curvas super fechadas, uma atrás da outra!

DICA NÚMERO 3

Outra dica aqui, pra que ninguém passe mal nessas curvas, evitem de seguir a paisagem com os olhos e foquem num ponto fixo (no horizonte, por exemplo). Assim a sensação de tontura e enjoos vão passar rapidinho!

Depois de pouco mais de uma horinha de viagem chegamos no Valle Nevado e parecia um sonho!

 

VALLE NEVADO

vallenevado

Neve, muita neve, os hotéis com os telhados todos branquinhos!

Antes dessa viagem já tinha visto neve na Alemanha, no Zugspitze, mas nunca tinha visto tanta neve assim. Essa foto aí marca o quanto de neve caiu até esse finalzinho de junho:

vallenevado

É muita neve!

No Valle pudermos ficar 1h30 o que é tempo suficiente pra conhecer todo o complexo, e até de tomar um chocolate quente pra espantar um pouco do frio!

É muito legal parar pra ver o pessoal que sabe esquiar, descer e subir as pistas de esqui!

E tem a réplica dessa gôndola na entrada do complexo, lugar legal pra tirar algumas fotos!

 

E pra quem queria tanto rever a neve, nada melhor do que aproveitar cada momento!

 

Depois que saímos do Valle Nevado com destino à Farellones, o Rodrigo parou num cantinho da estrada onde tinha uma quantidade enorme de neve, e a gente pôde descer e se jogar lá como se fosse uma imensa piscina de bolinhas.

Foi muuuuito legal.

Depois desse tempinho em que todos adoraram ficar pulando na neve, fomos pra segunda estação de esqui…

 

FARELLONES 

Depois que saímos do Valle Nevado, pegamos o caminho de volta à Santiago e paramos em Farellones, que é um complexo de esportes de inverno pra quem não entende muito de esquiar!

E olha a coisa fofa que encontramos assim que chegamos!

Aqui existem várias opções de lazer, pra você que quer brincar na neve: tem tirolesa, tem aquelas boias enormes que você senta e te empurram ladeira abaixo.

Tem também o teleférico que te leva pra parte baixa do complexo onde também existe mais opções de brincadeiras, inclusive o famoso esquibunda, que você tem a opção de escorregar sentada em uma prancha ou em bicicletas de neve!

É diversão garantida pra toda a família!

E pra poder usufruir de tudo isso, funciona assim:

Você paga um valor fechado, que agora é de CLP 20.000,00 (por volta de R$ 100,00 reais) e pode brincar à vontade. Mas se seu sonho é esquiar, daí você terá que pagar um pouco mais, pois essa atividade e nem aulas de esqui estão incluídas no valor.

No nosso caso, preferimos passear pela vila e almoçarmos um super sanduíche no restaurante Clodet. Por sorte pegamos uma mesa bem ao lado da janela e a vista não poderia ter sido mais perfeita!

clodet

Olha o nosso almoço!

clodet

DICAS DO NOSSO ALMOÇO

  • os sanduíches são enormes então, se estiverem com pouca fome, vale mais à pena pedir um e dividir!
  • Caso a opção seja pedir suco pra acompanhar (vale experimentar o de framboesa!), peçam SEM GELO! No nosso tinha mais gelo que suco!

Como fomos mais tarde, o lugar não estava tão cheio, mas ouvimos de algumas pessoas que isso não é comum e que o atendimento costuma ser demorado e de qualidade duvidosa. Acho que tivemos sorte, pois o atendimento foi ótimo e não esperamos muito pelo prato não!

Depois do almoço fomos passear pela vila!

PASSEANDO PELA VILA

Saindo do Clodet, à esquerda existem lojinhas que vendem equipamentos de neve, lembrancinhas e artigos pro frio como gorros e luvinhas:
farellones

Tem muita coisa legal!

Tem muito o que andar na vila de Farellones e o melhor jeito é sair caminhado pelas ruazinhas sempre com a máquina ou o celular na mão porque as paisagens são maravilhosas!

E então, imagina você nessa neve toda? Esse foi um passeio que AMAMOS fazer: nos divertimos muito!

O QUE ACHAMOS

Conhecer o famoso Valle Nevado, seus hotéis e suas pistas de esqui, passear pela linda Farellones e almoçar com aquela vista incrível…. foi mais que um sonho! E mais uma vez o nosso agradecimento ao pessoal do Destino Chile, em especial ao Rodrigo e à Érica por esse bate e volta maravilhoso, e ao super guia Rodrigo Penã pelo profissionalismo e pelas aulas de história!

Sério, não deixem de visitar o Chile e estando em Santiago, aproveitem e façam esse roteiro panorâmico do Valle Nevado e de Farellones…. passeio pra ficar na memória e no coração!


NOSSO PARCEIRO

DESTINO CHILE 

Rua Agustinas, 1022 conjunto 322 – Centro – Santiago

Fone: +56 9 5212-5506

E-mail: alo@destinochile.com.br


Planejar é viajar!
Roteiros & Dicas – Informações e ideias de roteiros, com dicas de viagem para os melhores destinos.

 

 

 

 

 

 

 

Escrito por

2 Comentários

  1. ótimo post! Estou planejando ir em agosto de 2018. Quanto você pagou pelo aluguel da roupa de neve? Moro no Nordeste, e meu guarda roupa é bem estilo verão. Vou precisar adquirir roupas próprias para o frio. Como preciso fazer um certo investimento, estou pensando em ir a brechós por lá. Você acha que compensa?

    Obrigada pela ajuda.

    • Oi Eveline!
      Então você vai em agosto? Ótima época! Vai pegar bastante neve, é muito bom!
      Com relação à roupa específica pra neve não acho que seja legal, economicamente falando, comprar. A não ser se você vai guardar pra outras ocasiões. No nosso caso, o aluguel da roupa já estava incluído nos passeios, o que é bem prático!
      Já roupas pro frio de Santiago, pra andar na cidade, é legal você levar alguma coisa quentinha aqui do Brasil mesmo e caso ainda esteja passando frio, deixe pra comprar um casaco mais pesado por lá.

O que achou?