Esse foi um bate e volta que fizemos a partir de Roma, e como era verão, a escolha não poderia ter sido melhor!

Na Villa d’Este, podemos ver mais de 500 jatos d’água tanto das fontes como dos vários canais alimentados pelo rio Aniene, (que foi desviado mais de 1 km para chegar até lá). Um charme!

Pra chegar na pequena cidade de Tivoli pegamos a linha B do metrô, sentido Rebbibia e descemos na estação Mammolo, que é a penúltima do trajeto. Foi lá que nós compramos nossa passagem de ônibus da empresa Cotral, e que nos custou 2,20 (biglietto di corsa semplice), só ida.

A distância de Tivoli é de mais ou menos 30 Km do centro de Roma, o que demora quase uma hora pra chegar até o ponto que nos deixou próximas à Villa d’Este (pedimos ao motorista pra nos avisar quando fosse a hora de descer).

Mas você pode pedir pra descer em frente ao restaurante La Taverna della Rocca,  no comecinho da Piazzale delle Nazioni Unite que aliás, foi onde a gente almoçou…. Bom demais!

Do trajeto do ponto de ônibus até a entrada do edifício é só descer a Piazzale pela direita até a Piazza Giuseppe Garibaldi e depois seguir, novamente à direita, pela Via Boselli.

Da entrada da Villa d’Este só temos a foto do pátio, que é onde a gente compra o ingresso pra entrar, e ganha um folheto com o mapa da vila.

Como a gente não tinha o blog e nem pensava nessa ideia, então praticamente todas as fotos foram tiradas depois que passamos pelo interior do edifício (que é um super passeio também, pois em muitos dos cômodos foram feitos trabalhos excelentes de arqueologia e reparo dos materiais usados naquela época)

E depois de conhecermos a parte interna, essa foi a vista que tivemos assim que saímos “pra fora” (pleonasmo vicioso, mas aqui tá valendo)

E essa aqui?  É a cara da Itália!

A Villa d’Este fica num terreno acidentado, então tivemos que descer pra chegar até seus jardins e fontes, e o caminho não podia ser mais lindo!

As escadarias da Villa são maravilhosas

Uma das principais atrações é um cantinho chamado “As 100 fontes” ou em italiano, “Le cento fontane”

La cento fontane
Corredor das 100 fontes

Principalmente no verão, é um bate e volta que vale muito a pena fazer, pois os jardins, as fontes e a arquitetura da Villa d’Este são maravilhosos!

Na volta, depois de almoçarmos lá na La Taverna della Rocca, nós descemos a rua e entramos à esquerda, e pegamos nosso ônibus ao lado da Piazza Giuseppe Garibaldi, numa praça no começo da Via Nazionale Tiburtina. Tem um ponto com cobertura, é fácil de achar!

Como saímos no finalzinho da tarde, conseguimos chegar em Roma antes do anoitecer, num ótimo horário pra passearmos ainda um pouco mais pela cidade!

Sério, esse bate e volta pra Villa d’Este no verão, é muito, muito bom!

*Créditos fotográficos

Foto de capa: Pixabay

Le cento fontane: Flickr

Corredor das 100 fontes: Flickr


A gente também fez outros posts da nossa viagem pela Itália, quem sabe pode ajudar!

Posts sobre Florença e arredores

Bate e volta de Florença pra Fiesole

Bate e volta de Florença pra Pisa e Lucca

A lenda do “porquinho” Porcellino

A melhor vista de Florença, Piazzalle Michelangelo

Posts sobre Veneza e arredores

A Arena de Verona

 

 


Planejar é viajar!
Roteiros & Dicas – Informações e ideias de roteiros, com dicas de viagem para os melhores destinos

 

Escrito por

O que achou?