Fui desafiada pela Laís do blog Relatos de Viagem, nossa querida amiga blogueira de Floripa, a entrar nessa brincadeira e adorei o convite!

Não tem nem ideia do que seja isso?

Vem descobrir e de quebra saber um pouco mais das minhas viagens, histórias e perrengues por aí.

O que é esse tal de

WANDERLUST?

Palavrinha que pra quem tem o pé na estrada já é bem conhecida, WANDERLUST tem origem na lingua alemã e expressa um desejo (insaciável, no meu caso) de viajar sempre, sempre… sempre mais e, não é por acaso que muitos viajantes, mochileiros, blogueiros, aventureiros, têm em comum alguma tattoo com esse nome “esquisito” em algum lugar do “corpitchu”. Aliás, estou programando pra fazer a minha!

No desafio Wanderlust a gente é convidado a falar um pouco mais desse tema que amamos tanto: VIAGENS!

Tudo pronto?

C’est parti!


Quando e pra onde ia seu primeiro avião?

Não tenho a menor ideia!

Comecei a viajar muito cedo, com meus avós, e voar é algo que não tenho uma memória de quando começou: mas sei que sempre adorei viajar!

Conheci alguns estados do Brasil quando pequena: Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Bahia, Pará, Amazonas, Ceará, Rio de Janeiro. Depois, um pouco mais velha, já que maior nunca vou ficar (meço míseros 1,58 metros…), conheci bem o nordeste: Alagoas, Paraíba, Rio Grande do Norte e Pernambuco.

Ou seja, viajo…

desde que me conheço por gente!

 Para onde você foi e gostaria de voltar?

Essa nem preciso pensar pra responder: Mont Saint Michel, na França… Olha eu lá!

laurawolff

Esse é “O” lugar, o lugar que eu recomendo muito, recomendo bastante, recomendo de todo o ♥

Construído no século VIII, pelo então Bispo de Avranches em homenagem à São Miguel, hoje é Patrimônio Mundial,  é, o Mont Saint Michel, o segundo lugar mais visitado da França, perdendo só pra Paris.

Ficou curioso? Clique aqui e veja meu post sobre esse lugar mágico, e veja porque essa foi a pergunta mais fácil de ser respondida!

Você está viajando amanhã e dinheiro não é o problema. Pra onde você vai?

Interior da França!

E não, não tenho uma cidade ou cidades específicas pra visitar. Quero por a mochila nas costas e ir… só ir, conhecendo lugares novos, treinando meu francês e vivendo experiências novas em cada cidade do caminho.

Mas como dinheiro não dá em árvore, não nasci rica, não casei com ninguém rico, o jeito é economizar pra colocar esse sonho em prática em 2020,  em comemoração ao meu meio século de vida: será o meu Mochilão dos 50tão!

Método preferido de viagem: avião, trem ou carro?

É óbvio que pra se deslocar da minha cidade (São Paulo) pra qualquer outra do mundo, avião é mais que obrigatório: é necessário. Mas o meu transporte queridinho é sem dúvida … o TREM!

Amo andar de trem pela Europa, tanto é que sempre quando aparece alguma pergunta em grupos de viagem, e surge o questionamento de qual meio de transporte você prefere: voar de low cost ou pegar um trem, a minha resposta é na grande maioria das vezes… VÁ DE TREM!

Os trens europeus são maravilhosos, quem dera tivéssemos 1/10 da malha ferroviária que existe por lá. Além disso, viajando de trem não precisamos chegar com aquela antecedência cansativa nos aeroportos, não há necessidade de despacharmos malas e as paisagens são, na maioria das vezes, uma alegria à parte!

Site preferido de viagem?

Como minha primeira viagem pra Europa foi pra Paris (com stopover em Madrid, onde ficamos por 2 dias antes de retornarmos pro Brasil), o Conexão Paris, da Lina Hauteville, foi primordial pra que a viagem tivesse o êxito que teve. E mesmo já tendo visitado a cidade em 3 diferentes oportunidades, continuo leitora assídua do Conexão!

Pra onde você viajaria só pra comer a comida local?

Fácil também: Itália!

Vou além: Itália, mais precisamente Florença, na Via dei Neri, 65/R, ou seja, na calçada do All’antico Vinaio (I profumi e i sapore tipici della Toscana).

Pois é, se enganou quem achou que eu fosse escolher um restaurante 5 estrelas, mesmo porque, nunca comi em um… kkkk!

Mas comida de rua…ahhhh, nessa categoria sou expert, principalmente em viagens, e essa “street food” do All’antico Vinaio está no topo na minha lista!

Explicando de um jeito bem fácil é tipo um Subway da Toscana, onde você escolhe o que vai no seu sanduba, e junto com ele saboreia um excelente vinho da casa. Como está sempre cheio, o jeito é se sentar na calçada, pão e vinho nas mãos, e entoar aquela máxima já tão conhecida: MANGIA CHE TE FA BENE!

Você sabe seu número de passaporte de cabeça?

Não. Talvez eu decore agora, já que o passaporte antigo venceu e estamos nos preparando pra tirarmos o novo, que tem validade de 10 anos. Até acabar esse prazo, devo ter decorado… possivelmente!

Você prefere o assento do meio, corredor ou janela

Janelinha, sempre!

Por causa da paisagem?

Negativo!

Janelinha porque nela dá pra encostar a cabeça e “tentar” dormir!

Como você passa o tempo quando está no avião?

Vendo filme, e mais um, e outro e…. outro. Durmo pouco nos voos internacionais, infelizmente! Em compensação meus filhos são “belas adormecidas” quando o assunto é dormir no avião, trem, ônibus ou mesmo no carro!

Existe um lugar pra onde você nunca mais voltaria?

Não, não existe. É claro que minhas experiências de viagens não são todas iguais: países diferentes, culturas diferentes. Mas adorei todos os lugares por onde passei até agora.

Revisitaria cada um deles se fosse possível!


Desafio cumprido, agora será a vez da Ana responder essas mesmas perguntas, e contar pra gente um pouco mais das experiências de viagem que ela já teve!

Ana Wolff, chegou a sua vez!

 

 

 

 

4 Comentários

  1. Tão legal ver as respostas dos amigos né!! Essa brincadeira me lembrou aqueles antigos caderninhos de perguntas e respostas.. agora quero ver as da Ana!

O que achou?